Artigos

Por Joe Carlo Viana Valle
Presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal

O alerta não é de hoje : em 20 anos dois terços da população mundial vão enfrentar escassez de água. O diagnóstico, conhecido por todos é da FAO, agência das Nações Unidas para a Agricultura.
O Batalhão Escolar do DF conseguiu importantes avanços no patrulhamento das escolas públicas e particulares sem contar com nenhum recurso extra do governo. A ação consiste em integrar o policial com a rotina da escola e não deixar o policiamento fixo em apenas algumas unidades de ensino.
O deputado Joe Valle (PDT) chega ao quarto ano de mandato em 2014 com muitos projetos e ações. Nesta entrevista, Joe faz uma avaliação das principais atividades do seu mandato e os planos para o futuro. A inovação proposta pelo "Fala Cidadão" é um dos destaques de 2013 e o tema prioridade para este ano é a melhoria da educação no Distrito Federal. 
Todos os dias, de manhã bem cedo, quando a maioria das pessoas ainda está dormindo aquele sono profundo da madrugada, Josimar de Oliveira Silva se prepara para mais uma dura  jornada de trabalho. Aos 33 anos, dois filhos menores,  Josi, como é conhecida, encara há um ano uma profissão exercida em sua maioria por homens: motorista profissional. O veículo em que trabalha, um ônibus para 30 passageiros, transporta uma carga valiosa e sensível, formada por crianças e adolescentes, alunos de escolas públicas na área rural do DF.
Pesquisa revela necessidade das escolas Uma pesquisa realizada em 79 instituições de ensino das áreas rurais do DF, iniciativa do deputado distrital Joe Valle, revelou que as escolas rurais apresentam características físicas e dispõem de infraestrutura bastante distinta das observadas nas escolas presentes na área urbana. Em termos de recursos disponíveis, a situação das escolas rurais é bastante precária. Para o deputado, a única maneira de se ter uma qualidade de vida na área rural é manter os jovens no campo e, para isso, a escola tem um papel fundamental. “O governo muito se ausenta da área rural e a escola é um dos únicos equipamentos públicos disponíveis para esses…
* Por Joe Valle A conjuntura política e geopolítica internacional exige de Brasília um papel histórico de se tornar uma cidade global. As cidades globais, também chamadas de mundiais, exercem uma grande influência sobre outros centros urbanos do mundo. Uma cidade global pode ser caracterizada como uma metrópole que apresenta um sistema avançado de transportes públicos, saúde, política de segurança pública focada na cidadania, programas de amparo à criança e adolescente, políticas de cidadania para a mulher, sistema educacional avançado e ancorado em instituições universitárias relevantes, otimização de redes de serviços e participação em eventos internacionais.
*Por Joe Valle De 13 a 22 de junho, a cidade do Rio de Janeiro se tornará o centro das atenções do planeta. A Rio+20, como é chamada a Conferência das Nações Unidas Sobre Desenvolvimento Sustentável, é uma oportunidade 20 anos depois da ECO 92 para discutir os novos caminhos para um mundo mais seguro, igualitário, verde e próspero para todos, com o crescimento da renda, de emprego, trabalho decente e a superação da pobreza.
A nova política vem contribuir para um processo de transformação da velha praxis política nociva ao interesse público.
Foi aprovado dia 30 de junho de 2011, na Câmara Distrital, o Projeto de Lei do GDF de no. 155, que regulamenta a aplicação no Distrito Federal a Lei Geral no. 123 e a Lei Complementar no. 127 que irão possibilitar os que estão na informalidade, de regulamentarem suas atividades, e participarem dos muitos benefícios previstos nestas Leis Federais.
Do ponto de vista da gestão fiscal, o Brasil obteve grandes avanços nos últimos anos, principalmente no que tange à Lei de Responsabilidade Fiscal. Esta Lei estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal, mediante ações em que se previnam riscos e corrijam desvios capazes de afetar o equilíbrio das contas públicas, destacando-se o planejamento, o controle, a transparência e a responsabilização como premissas básicas. Reconhecemos que esse avanço teve significativo impacto na gestão de políticas públicas de cunho social. Em decorrência desses inegáveis resultados, constatamos ser também necessário estabelecer os mesmos princípios de planejamento, controle, transparência e responsabilização dos governantes com a educação. Por isso,…