Artigos

Por Joe Carlo Viana Valle
Presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal

* Por Joe Valle Eventos grandiosos como a Copa do Mundo de 2014 representam oportunidades estratégicas. No caso do Brasil, ao reunir esforços para trazer esse evento, enxergou-se uma oportunidade para ajudar a alavancar e a consolidar a economia brasileira rumo ao pleno desenvolvimento. Foi assim em boa parte do mundo. De fato, se soubermos aplicar um plano de gestão estratégica inteligente no gerenciamento deste acontecimento teremos uma oportunidade histórica para a nossa economia.
O dia 22 de setembro é celebrado o Dia Mundial Sem Carro. As ações pelo Dia Mundial Sem Carro começaram na França em 1997 e se espalharam pelo mundo. No Brasil, desde 2003 várias cidades vêm aderindo a campanha com o objetivo de provocar a sociedade para uma discussão sobre nosso sistema e nossas escolhas de mobilidade. No DF, o inventário de emissões de gases de efeito estufa realizado pela secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural mostra que a maior parte das emissões de gases de efeito estufa no Distrito Federal decorre da queima de combustíveis fósseis por uso veicular. Temos uma média de 55 automóveis para cada cem…
*Por Joe Valle Brasília tem a maior renda per capta do país e também o maior lixão da América Latina, conhecido como o Lixão da Estrutural. O local surgiu na década de 70 e recebe hoje 2.800 toneladas/dia de material seco e orgânico, atraindo mais de 2.500 catadores de material reciclável, empresas prestadoras de serviços, intermediários, beneficiadores de materiais. A área foi escolhida devido à distância das áreas residenciais, estrategicamente localizada em relação aos principais centros geradores de resíduos, intitulado “Aterro do Jóquei Clube”, onde até hoje catadores atuam buscando a sobrevivência e prestando um importante serviço ambiental com a triagem de materiais recicláveis. A fim de proporcionar ao DF…
A discussão sobre a escassez de água em Brasília ganhou muita visibilidade nos meios de comunicação e gerou muita preocupação na sociedade e nas esferas do governo. É urgente a ação do governo em relação a medidas que podem mitigar os efeitos da seca prolongada e o baixo nível dos reservatórios. Temos diversas leis relacionadas à temática da água no âmbito distrital e federal e mesmo com esse aparato legal, a crise hídrica no Distrito Federal chegou e bate de forma assustadora às nossas portas, apesar de estarmos no Cerrado, onde nascem as três maiores bacias hidrográficas da América do Sul e alimenta os três dos maiores aquíferos do mundo, reservatórios subterrâneos imensos que abastecem rios…
Página 5 de 5